História de vida

sábado, 1 de abril de 2017

Me mate, por favor!


Se ajoelhe a minha frente! 
Faça o que digo, seu miserável. 
Seu desgraçado! 
Você precisa ser domado! 
Vem aqui e faça o que digo 
Bata na minha cara
Agarre meu pescoço e me mate!

Seu desgraçado! 
Faça o que digo! 
Me mate!

Me amarre no pé da cama com uma corrente nós pés 
Me deixe passar fome
Deixe me desidratada

Seu miserável! 
Imprestável! 
Faça o que digo! 
Cuide de mim.. 
E depois me mate!

Me cubra com sangue! 
Jogue sangue em mim enquanto estou nua na tua frente 
Ande logo com isso
Seu miserável! 
Faça algo! 

Vamos lá! 
Mate! 

Nenhum comentário: