História de vida

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Que grande tortura..

Ódio e amor.. Tenho demasiado..

Eu não tenho nada.. Só tenho meu amor. E meu maldito ódio. Ódio.  Mais nada , nem ninguém. 

Nenhum comentário: