História de vida

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Sem vida

Gostaria que a noite não acabasse, que o sol não brilha-se. Que as lampadas queimassem.. Sem paredes. Sem porta, sem janelas. Sem som,  sem cor , sem cheiro. Sem saída. Em sua mente , com viagens infinitas, sem possibilidades , com vantagens.  Com altas dosagens ,com toda a maldade. Sem nenhuma passagem , certo ou incerto. Não se preocupe com o relógio.. Se precisar que o tempo espere você , tire-o a vida. Conheça tudo sem saber de nada. Não toque em nada, sinta tudo. O tudo não sente nada.. Você sente tudo? Esse tudo, só você. Apenas você vai sentir. Cada um. Dentro de si. Ignore de dia e o sinta a noite. A noite nunca dorme. Você sim, mas sua mente não.

Nenhum comentário: