História de vida

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Lâmina que cortas minha carne..

Lâmina que cortas minha humilde carne
Lâmina quente , profunde-se em meu prazer
Traga-me sede das profundesas das minhas carnes brancas
Dai-me um cálice cheio de sangue
Transborde em meu corpo
Me faça querer mais
Mata-me de prazer.

Nenhum comentário: