História de vida

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Retornando..

Olá amigos ! Depois de muito tempo sem escrever nada aqui estou eu. Nossa mais acontecerão tantas coisas, pena que no intervalos dessas situações eu não tive como escrever para vocês. Realmente foi muito dificil . Como eu tinha dito pra vocês que eu iria sair de casa. Mais calma. CALMA ,vamos por etapas. Tem muitas coisas que vocês precisam saber (: hn, lá vai.

SIM, EU FUGI DE CASA.
Dia 23/01 ás 1:34 da manhã eu sai de casa. Sim era de madrugada. E estava tudo arumado. Bolsas ,violão ,docúmentos. Dinheiro.. Enfim. Um medro tremendo. Me arumei, cheia de medo ,suando KKKKK. Tanto medo de abrir a porta, mais do que tudo nesse mundo. JURO. O negoço era abrir a porta não era nem sair em diante. kkkkkk Sim depois de muito pensar, de muito suar. Eu tive coragem de abrir a porta. Sai correndo do portão em diante, desci as escadas. Desci muito rápido ,com uma bolsa muito pesada com minhas roupas na mão ,uma mochila muito pesada com umas coisas pessoais, e mais o violão nas costas. Hoje fico me perguntando, como consegui carregar tanto peso e ainda sair correndo sem colocar no chão se quer uma vez. Poise ,eu consegui essa façanha, até chegar ao ponto de condução, entrei e fiquei esperando dar a partida. Super nervosa, suando, com medo de alguem aparecer. Nossa uma tensão que eu foltava rir do nada. KKKKK sério. Ai depois de acho, uns 20 min ,derão partida. Nossa meu coração se aliviou ,tão profundamente. So me restava colocar os fones no ouvido e relaxar. Cheguei a minha primeira partida. E depois eu tinha que pegar outra condução porque até aonde eu queria ir não tinha direto. Fiquei esperando minutos ,ai eu quase desistindo. Morrendo de cansada com aquele peso todo, com sono. Resolvendo quase dormir em algum banco de praça kkkkk ._. Quando tava andando pra chegar em algum lugar e descançar, me para um taxi perguntando se eu queria ir pra algum lugar, eu disse que sim mais tava com pouco dinheiro. Ai o rapaz muito gentil disse que me levaria até aonde eu queria já que não estava fazendo nada (: foi minha sorte. Cheguei em um posto de gasolina. Passei o resto da noite lá, ouvindo música e conversando pelo facebook com uma pessoa em especial pra min. Quando tava amanhecendo liguei pra minha mãe, e uma amiga dela foi me encontrar no lugar esperado. Lá fui eu, para um lugar aonde iria ficar, durante uns dias.

DURANTE 2 DIAS EM UMA CASA COM PESSOAS DESCONHECIDAS.
Bom, achei a garota que foi me buscar e me levar pra casa super educada, divertida e extrovertida. Animada e tudo mais, a mãe dela também foi educada. Mais na hora senti que não foi muito comigo, não sei o porque, eu também não iria ter a cara de pau de perguntar. Esses dois dias para min parece que forão uma eternidade muito grande, olhava pra hora, não passava. Dormia ,acordava. E a hora continuava. Foi um sufoco. Depois de me aprofundar mais na família da casa, que era apenas 3 pessoas tirando a minha mãe. A mãe da menina, nossa. Falava muito dos outros, vizinhos. A filha como eu disse mt gente boa. Muito mesmo, toda saidinha com umas primas. Sei lá, ou vai ver eu que sou muito parada mesmo. A mãe dela falando em tom alto, sei lá, não gostei muito. Na minha frente  era assim. Já quando saia pro trabalho, ligava pra minha mãe, e falava pra ela que não me queria lá, porque  a mãe dela não deixava ,porque não queria, e não sei mais oque. E na minha frente não falava nada. Por trás agia desse jeito.. Ainda bem que passou logo.

DURANTE MAIS 2 DIAS.
Fui para casa de uma pessoa em especial pra min. Forão os melhores 2 dias desde que sai de casa kkkkk, se e que me entende, foi bom mesmo. Nos não temos muito dialogo ,por alguns motivos. Mais não vem ao assunto. ENFIM. KKK ._. TO NORMAL HOJE NÃO, MAU AI ,MAAL :/ KKK, bj

5 DIAS NA CASA DA PRIMA.
Bem longe de onde eu estava antes. Ela foi bacana comigo, mesmo. Agente conversou bastante, ela me entendeu e trocamos experiencias ja que ela passou pela quase mesma coisa que eu passei. Brinquei bastante com os 3 filhos dela, nos divertimos. Mais minha cabeça super preocupada, porque eu não podia ficar morando la, tinha que arrumar dinheiro, emprego PRA LOGO ! E não era tão fácil. Com varias ligações a minha prima de onde eu morava, eu resolvi atender. Conversamos, brigamos. A Ligação caiu, logo em seguida minha mãe me liga conversando comigo também ,fala que e pra min voltar porque vai ser diferente, não vai ser igual antes, E NANANÁH. Eu acreditei e vim.

AQUI ESTOU EU ,DE VOLTA!
Super procurando colégio ,logo em seguida coloco currículo e pretendo fazer vestibular pra conseguir algo legal depois. Trabalhar mais rápido possível ,porque to com muitas metas, que quero seguir. Estou pesando positivo ! \o Desde que voltei, meu avô está outra pessoa. Não grita como antes, nem fica brigando por qualquer coisa. Isso e bom. Já um dos meus tios, não segura a língua dele, mais e bom segurar, porque não vou aguentar nada calada de ninguém (: Ninguém vai pisar em cima de min. Não vou permitir! O combinado de eu vir voltar a morar aqui ,era:


  •  NÃO FICAR NO BAR
  •  SAIR QUANDO QUISESSE
  •  TRABALHAR
  •  ESTUDAR
  •  SEGUIR MINHA VIDA.


, Bom ,hoje eu fiquei no bar, e me irritei muito, eu confesso. Hoje foi o primeiro e último dia que fico lá. Porque se deixar, fazer oque quiser, eles abusam. Sobre sair, to saindo sim, teve um dia que dormir fora até, no outro dia teve conversa, e nanaá .. Escola to arrumando ainda, e trabalho depois. Agora o problema e outro, mais nem tudo e perfeito D: PORQUE? EM ? PQ? 

Nenhum comentário: